07 razões porque eu não creio em mulheres pastoras


Na minha perspectiva a ordenação de mulheres ao pastorado é uma significativa distorção teológica. Lamentavelmente    tenho  visto nos últimos    anos  inúmeras igrejas  consagrando mulheres ao ministério pastoral. Isto posto, gostaria  de forma prática e objetiva elencar 07 motivos porque  não creio em mulheres pastoras:

1- As Escrituras não referendam a ordenação de mulheres ao ministério pastoral. Não vejo na Bíblia nenhum texto que apoie a ordenação feminina ao presbiterato.

2-  Jesus não chamou apóstolas entre os doze. Todos os apóstolos escolhidos por Jesus eram homens.

3- As Escrituras não defendem o Igualitarismo e sim o complementarismo.

Igualitaristas:  Esta corrente, afirma que Deus originalmente criou o homem e a mulher iguais; e que o domínio masculino sobre as mulheres foi parte do castigo divino por causa da queda, com conseqüentes reflexos sócios-culturais. Segundo os igualitaristas mediante o advento de Cristo, essa punição e reflexos foram removidos; proporcionando conseqüentemente a restauração ao plano original de Deus quanto à posição da mulher na igreja. Portanto, agora, as mulheres têm direito iguais aos dos homens de ocupar cargos de oficialato da Igreja. Além dos igualitaristas, encontramos os complementaristas , que por sua vez entendem que desde a criação – e portanto, antes da queda – Deus estabeleceu papéis distintos para o homem e a mulher, visto que ambos são peculiarmente diferentes. A diferença entre eles é complementar. Ou seja, o homem e a mulher, com suas características e funções distintas se completam. A diferença de funções não implica em diferença de valor ou em inferioridade de um em relação ao outro, e as conseqüentes diferenças sócios-culturais nem sempre refletem a visão bíblica da funcionalidade distinta de cada um. O homem foi feito cabeça da mulher – esse princípio implica em diferente papel funcional do homem, que é o de liderar.

4- Paulo não fala de presbíteras, bispas, muito menos pastoras. As referências a essas vocações nas Escrituras sempre estão relacionadas aos homens. Não é preciso muito esforço para perceber que não existiam pastoras nas igrejas do Novo Testamento.

5-  Os reformadores  e os pais da Igreja não nunca defenderam o ministério pastoral feminino.

6- Os apóstolos determinaram que os pastores  deveriam ser marido de uma só mulher e que deveriam governar bem a casa deles – obviamente eles tinham em mente homens cristãos (1Tm 3.2,12; Tt 1.6).

7- A mulher não possui autoridade sobre o marido.( I Tm 2:12 ) Ora, se ela é pastora e o seu marido não, ela fere o principio de autoridade da Bíblia, tornando-se lider do marido.

Prezado leitor, quando afirmo que mulheres não podem ser pastoras o faço na perspectiva de governo. O governo da igreja juntamente com os oficiais que a regem são eminentemente masculinos. Na Bíblia você nao vê nem tampouco encontra mulheres que governam a igreja. Todas as recomendações Paulinas quanto a presbíteros são para homens. Todavia, o fato das mulheres não governarem a igreja, não impede com que preguem ou ensinem a palavra de Deus, entenderam? O governo da igreja é masculino e não feminino. As mulheres podem servir a Deus, contudo, governar é uma prerrogativa masculina.

Pense nisso!

Renato Vargens

271 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   201 – 271 de 271   Recentes›   Mais recentes»

Pastorear não é só ir lá e falar de Jesus, explicar, ensinar, orar com elas e ir para casa. Pastorear é vigiar as ovelhas, cuidar e orientar. Aconselhar e orar por elas. Fazer missões é pregar. Lógico que um missionário também pode orar por outro e fazer tudo isso mas o seu foco é pregar! Levar evangelho onde não tem e no caso do pastor, é dever!!! Ele deve fazer isso e um pouco mais. É cuidado!!!!

27 de janeiro de 2016 16:38 comment-delete

Não concordo com este texto isso é uma visão do machismo da época e os que assim escreveram a bíblica também respeitavam a cultura que ainda hoje predomina naquela região... Acredito que o Evangelho do cristo nos fala de amor e igualidade entre os povos e isso é muito mais importante. E sim, muitas as mulheres sempre estiveram com o Cristo. Mulheres sim podem ser Pastoras e boas lideres, vejam o caso de Debora que foi juizá... Como sempre falei nas atuais igrejas os Homens é quem mais manda e pouco fazem.. Muito do que foi alcançado agradecemos a força e a determinação das mulheres ao longo de mais 2.000 anos de evangelho. Missias Pachu

27 de janeiro de 2016 17:11 comment-delete

Minha mãe foi ungida a Pastora em um ministério tradicionalmente dirigido por homens o fato dela ser mulher não impediu ela receber essa missão, digo missão porque não é fácil liderar um ministério, eu como filho vejo o quanto ela se dedica a obra e nunca desistiu por tantas lutas que passou e tem passado para levar o verdadeiro evangelho. Não estamos interessados em "titulos" apenas em ganhar almas pro reino de Deus através de sua palavra.

27 de janeiro de 2016 17:25 comment-delete

Irmãos,

No que se refere a esfera de posição ministerial da mulher na igreja, segui abaixo um esclarecimento de Mario Persona.

"Como em todas as igrejas dos santos, conservem-se as mulheres caladas nas igrejas, porque não lhes é permitido falar; mas estejam submissas como também a lei o determina. Se, porém, querem aprender alguma cousa, interroguem, em casa, a seu próprio marido; porque para a mulher é vergonhoso falar na igreja" (1 Coríntios 14:33-35).

"Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo" (1 Coríntios 11:3). "A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão. E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio" (1 Timóteo 2:11-12).

"Porque, primeiro, foi formado Adão, depois, Eva. E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão" (1 Timóteo 2:13-14).

A questão da mulher não ensinar é por ter sido enganada (Eva) enquanto Adão não foi. Ele sabia que estava errando, foi consciente. Ela não. Caiu no engano. A ordem de Deus não diminui a mulher, mas é simplesmente uma ordem que vale para esta vida e este mundo.

É como o policial que me pára na rua por entender que cometi uma infração. Ele pode estar errado, posso considerá-lo inapto para a profissão, posso jogar até um "você sabe com quem está falando" pra cima dele. Mas a realidade é que devo me sujeitar a ele porque existe uma ordem. Eu não posso multá-lo ou prendê-lo, mas ele pode porque dentro da hierarquia que Deus reconhece ele está acima de mim.

O vers. em Timóteo deixa muito claro, portanto o problema não é de interpretação, mas de acatar ou não o que está escrito. Eu posso argumentar com o policial que todo mundo passa no vermelho, que todo mundo estaciona no proibido, que todo mundo corre etc. Não importa o que todo mundo faz. Preciso acatar sua autoridade e ordem.

Então quando você diz que os homens abandonaram seu papel e seu lugar de cabeça, isto é verdade, mas seria o mesmo que argumentar com o policial que ele não pode me multar porque existe corrupção na polícia, no governo etc. Até mesmo um governo corrupto continua sendo governo. A quem o Senhor Se sujeitou em sua época? Herodes, Cesar, etc...

No Antigo Testamento houve épocas em que os homens abandonaram sua posição e mulheres precisaram ser usadas por Deus, como foi o caso de Débora. Porém em Hebreus o registro divino não fala dela, mas de Baraque. É claro que Deus não desprezou aquelas mulheres, mas deixou claro a ordem ao relatar em Hebreus.

Quanto à proibição de ensinar, entendo que se restringe a doutrina e ao homem. É claro que ninguém vai querer que uma mulher cristã diante de um moribundo deixe ele morrer sem ouvir o evangelho só porque não há um homem por perto. Mas existe uma esfera de ensino da mulher, e crianças faz parte dessa esfera, já que a mãe e a avó de Timóteo foram mencionadas como tendo sido importantes no ensino dele. Também diz que as mulheres mais velhas devem ensinar as mais novas.

Para mim é muito claro o que está na Palavra. É claro que podemos discutir, sofismar, interpretar, mas nada resiste à simplicidade de um espírito submisso ao que Deus disse em Sua Palavra. Assim como muitas mulheres hoje argumentam que os homens não estão fazendo o seu papel, Adão fez o mesmo lá no início e culpou Deus por isso: "A mulher que Tu me deste...". A gente sempre tenta transferir a responsabilidade da desobediência para alguém ou alguma circunstância, mas isso não muda nada.

Há ainda quem tente dizer que as passagens das cartas de Paulo relativas à mulher são suas opiniões pessoais, e alguns acrescentam que ele seria solteirão, machista e coisas do tipo (já ouvi de tudo!). Porém...

"Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo. E, se alguém o ignorar, será ignorado" (1 Coríntios 14:37-38).

27 de janeiro de 2016 17:41 comment-delete

Na minha humilde opiniao,Deus nao esta preocupado qual o sexo vai exercer o governo da igreja se homem ou mulher e sem com as almas que estao indo de vento em popa para o inferno enquanto nos que deveriamos esta levando a pslavrs estao preocupados com teologias que nao nos levara a lugar nenhum.

27 de janeiro de 2016 19:36 comment-delete

Eu acho que não existe pastor e nem pastoras, pois o único pastor é Jesus Cristo. Ele deixou na terra por livre arbítrio de cada um pra falar do evangelho, ele não nomeou nenhum homem para ser pastor,na Bíblia não fala isso é sim deixou discípulos para falar da palavra dele. O nosso pastor é Jesus Cristo que fez os céus e a terra. Por isso não adiantam ficar discutindo como os farizeus.Deus capacita quem ele quer pra falar da palavra dele, não presisa ser pastor,ele capacita o homem, o idoso ou idosa,um menino ou menina,uma mulher,enfim quem ele quiser.
- O Senhor é meu pastor e nada me faltará.

27 de janeiro de 2016 21:24 comment-delete

Raquel, a segunda esposa de Jacó que era pastora de animais.

27 de janeiro de 2016 23:40 comment-delete

Não é machismo não irmã, é Bíblia mesmo ,se o pastor fez mensão da palavra, mostrou onde está escrito não tem que retrucar isso já prova o espírito de rebelião , Se Deus vetou s mulher até de anunciar do mundo quando Jesus ressuscitou , Quando as mulheres que primeiro chegaram ao sepulcro e viram Jesus primeiro: Então ele disse a elas vai e fala com os discípulos , porque ele não disse ; vai e prega o que vocês viram . Mas lhes vetou dizendo fala com os discípulos Pr.MMP

28 de janeiro de 2016 01:53 comment-delete

Ester tinha cargo politico e não ministerial,

28 de janeiro de 2016 01:54 comment-delete

Os homens e seus medos... Entendo que essa mulher líder cause receio em alguns homens, o que só afirma minha posição de que os homens são inseguros e as mulheres devem ajuda-los nesse quesito, porém afirmar que mulheres não podem ser pastoras porque não consta nenhuma mulher Pastora na bíblia, seria o mesmo que não tomar picolé porque na bíblia não consta que Jesus alguma vez o tenha tomado. Kkkk aliás eu tenho certeza que Jesus disse IDE por todo mundo e pregai etc... E não disse crie um blog

28 de janeiro de 2016 09:19 comment-delete

Tem muita Pastora que vale mais do que muito Pastor por aew...
Eu acredito que mulher pode e deve ser pastora sim, Deus usa os loucos para confundir os sábios.
Pense nisso.

28 de janeiro de 2016 09:21 comment-delete

Tem muita Pastora que vale mais do que muito Pastor por aew...
Eu acredito que mulher pode e deve ser pastora sim, Deus usa os loucos para confundir os sábios.
Pense nisso.

28 de janeiro de 2016 09:21 comment-delete

Um texto preconceituoso, fora de seu tempo... Meu caro, conheço pastoras muito mais pastoras do que muitos por ai... Deveria ser revisto o seu ponto de vista para com as mulheres e para com a bíblia que foi escritas a milhares de anos atrás onde a mulher não tinha direito e hj as coisas são diferentes.... O seu orgulho deve estar muito ferido, pq acho que Deus usa quem ele quer, na hora que ele quer.

28 de janeiro de 2016 09:28 comment-delete

Os evangélicos antes eram conhecidos por conhecerem as Escrituras e atacarem os católicos que criam com base na tradição, naquilo que aprenderam oralmente. E o que acontece com a maioria dos evangélicos hoje? Basta ler os comentários aqui, "eu acho isso", "eu acho aquilo" e nada de Escritura. Estão "queimando" a Bíblia e julgando e condenando a Deus.

28 de janeiro de 2016 10:42 comment-delete

Pelos comentarios vejo que cada um puxamos sardinha pro seu lado .o que conviniente isso e normal .minha opiniao como mulher , mas nao sendo nem pastora nem mulher de pastor .entao minha opiniao baseado na biblia que mulheres foram e sao usadas por Deus ate mais que os homens.ate hoje, um homem nao e nada e nem vai a lugar nenhum sem um mulher , prova disso e o dom da vida .uma mulher gerando um filho , porem a vida o poder esta no homem , esta vendo que um complementa o outro? Porem tambem a autoridade da vida esta no homem, Eva pecou Deus nao fez nada nao foi tirar satisfacao com Adao . Mas na hora que adao comeu do fruto Deus veio ter com ele .Quem presto conta a Deus foi Adao porque? Autoridade estava no homem. Jesus explemplo o priprio Deus encarnado .o mesmo Deus que vive la na gloria desceu aqui nessa terra em carne e osso, pra nao ser chamado de fantasma entende esse que nos deixou o Modelo que e a palavra ele veio e te mostrou como deveria fazer foi la chamou homens e mulheres. Aos homens ele disse dissipulos, e as mulheres ele disse tudo mais que dicipulos . As mulheres ele destacou deixou bem frizado sobre a fe delas varias.elas ate acompanhava ele por todo lado mas nao tinham nenhuma lideranca em seu poder. Deus sempre colocou a maior funcao na vida da mulher as maiores reponsabilidade nas maos da mulher mas ser cabeca nao. Maria carregou no ventre o proprio Deus encarnado.olha que reponsabilidade .mas a funcao de protegela foi de José. DEUS ordenou Jose o que ele tinha que fazer e pra onde ele deveria ir com Maria.essa conta quem prestou com Deus foi Jose. Mesmo sendo maria quem deu a luz , quem carregou o milgre, assumiu o maoir papel no nosso ponto de vista ,humano. Mas a jose Deus encarregou. A lideranca. Se for darmos exemplos iria most ficarmos falando dias. Mas esse nao e meu intuito.frizando minha opiniao e neutra nao e feminista e nem machista sou apenas serva .e nao vejo a mulher sendo diminuida e nem excluida e nem menos do que o homem .Ao contrario a maior funaco e responsabilidade dessa vida esta na mao da mulher .ate porque a mulher e aquilo que o homem nao pode ser. MAS liderar , ser o cabeca NAO .Quem vai presta contas do sacerdocio e o homem , quem vai prestar conta do.ministerio e homem. Quem vai prestar conta do Jardim e o homem quem vai prestar conta do reinado e o homem , quem vai prestar conta das ovelhas e homem quem vai prestar contas de lideranca aqui na terra e o homem. Exmplo a Lia ou Leia nao lembro o nome .estava pastoriando as ovelhas de seu pai sendo mulher e lado mais fragiu, e nao tendo autoridade de pastoriar , conduzir veiram, e tentaram atacar suas ovelhas , mas Chegando Moises assumindo seu papel tomou frente e tudo entrou em ordem como deveria ser. Moises condutor. Lider

28 de janeiro de 2016 11:28 comment-delete

A bíblia não diz que a mulher não possue autoridade sobre o marido,disse que Paulo não permite! A mulher deve respeitar o marido e ele dar a vida pela esposa! Paulo não é meu pastor. Jesus Cristo é meu Pastor,o Bom Pastor!

28 de janeiro de 2016 11:36 comment-delete

Prezado pastor Renato:
O senhor e muitos outros colegas tem escrito acerca da temática. Considero louvável a atitude. Sendo que não vejo a mesma ênfase dada a respeito de pastores maçons e divorciados. Deixo por isso essa sugestão. Agora, cá entre nós, os homens (pastores) estão deixando muito a desejar, o senhor não acha?
Um abraço fraterno

28 de janeiro de 2016 20:25 comment-delete

Eu vejo muitas pessoas reclamando por causa de títulos, principalmente mulheres. Vejam uma coisa, 1 Cor. 11 diz que Cristo é a cabeça do homem, o homem a cabeça da mulher... Mulheres, não pensem que isso é uma forma de rebaixar as mulheres... Pensem num corpo humano, onde todas as partes são essenciais... Não que uma parte seja melhor que a outra, mas que cada parte tem a sua função... Resumindo, um coração é importantíssimo para o corpo humano, mas não pode pensar por si só... um cérebro também é importantíssimo, mas não pode bombear sangue por si só... Um corpo precisa de todas as suas partes (em harmonia) para poder funcionar corretamente... Portanto, "cérebros" parem de querer ser "coração" e vice versa... Pois entendam que, todos são importantes, mas nenhum oode ser o outro...

28 de janeiro de 2016 23:13 comment-delete

Creio que existam profetisas,como na bíblia....e são RARAS,mas pastoras não mesmo!

28 de janeiro de 2016 23:54 comment-delete

Mas o que falar de Débora ?

29 de janeiro de 2016 02:29 comment-delete

Creio que Deus usa quem Ele quer. Tem situações que Ele levanta mulheres, porque faltam homens dispostos.Os homens se esquivam do chamado. No propósito primário de Deus o Homem deve ter o governo da igreja, porém se o homem falhar Deus usa a mulher, porque Ele é soberano.

29 de janeiro de 2016 14:11 comment-delete

Bom, creio que a moralidade e a ética esteja acima de todo ordenamento religioso. Jesus, o redentor da terra, nunca fugiu do universo ético e moral.
Gostaria, dentro da minha ignorancia humana, que fosse citado algum trecho bíblico de CRISTO, e não de um apóstolo ou seguidor, que dissesse isso. Não estou desmerecendo os apóstolos ou algum difusor da mensagem do Altíssimo, ainda mais, particularmente, tendo admiração por Paulo.

Não creio que a mulher não tenha permissão divina para ordenar. A mulher é tão humana quanto o homem, tendo ela muitas vezes mais capacidade de sensibilidade do que o ser masculino. Entretanto, a condição da isonomia entre macho e femea se torna mais lúcida quando o observamos no contexto da alma, sendo as caracteristicas fisicas vinculadas ao reino animal, reino dos homens em contrassenso ao reino da alma, àquele que é do Cristo.

O físico e espiritual se entrelaçam sim, e a essencia feminina e masculina se completam no bailar bonito da afinidade carnal e na geração da vida. Não creio em uma condenação do ser humano feminino por conta do pecado de eva, visto que eva era uma humana com sua mentalidade especifica. As mulheres não pensam iguais a Eva, não passam e nem passaram pela mesma coisa, logo, não há maldições no reino de Deus e sim oportunidades de crescimento e o respeito a individualidade de cada vida. Homens não são Adão e nem Mulheres são identicas a Eva.

Acatar a linguagem da comunidade da antiguidade sem raciocinar com a evolução humana atual, do ponto de vista moral e ético (mesmo que pouco, mas houve mudança) é insensatez e uma teimosia ao bom andamento natural das mudanças que Jesus propôs ao mundo. Portanto, a opinião que se tinha da mulher nos povos do passado era muito insensata e tendente a menosprezar o ser feminino.

Saibamos reconhecer que Deus não concede privilégios ou maldições ao ser humano, concede oportunidades de melhorar, concede a espada para lutar,concede CAUSAS E CONSEQUENCIAS, concede paz aos que choram e concede choro aos que descansam no travesseiro do mundo.

29 de janeiro de 2016 14:18 comment-delete

A mulher age muito mais pela ausência da postura masculina do que a intenção de mandar e tomar o governo. Mas a mulher quando vê que tem algo a fazer e o homem não faz, ela toma a frente e faz. Pregar, pastorear e as vezes até ser a responsável por uma igreja é muito mais disposição nas mãos de Deus do que sentimento de governo. Deus usa quem ele quer e não crítico a mulher que faz, aida que creio que esse é o papel do homem.

29 de janeiro de 2016 15:37 comment-delete

"Falava-lhes ainda, quando chegou Raquel com as ovelhas de seu pai; porque era pastora." Gênesis 29:9

2 de fevereiro de 2016 12:53 comment-delete

gente pelo amor de Deus! Raquel era pastores de ovelhas e não de gente!

2 de fevereiro de 2016 14:00 comment-delete

Dure é você ler nos comentários no BLOG, o povo defendendo a ordenação de mulheres ao pastorado, através do texto bíblico que diz que Raquel era pastora.

Confesso que as vezes dá um desânimo!

Renato Vargens

2 de fevereiro de 2016 14:10 comment-delete

E daí?

2 de fevereiro de 2016 21:48 comment-delete

Hehehe...pessoal...vamos devagar... Errado ou não temos que respeitar as opiniões... Só para lembrar quantas mulheres na igreja católica vocês sabem que foram ordenadas "padres"???? Só para refletir...

3 de fevereiro de 2016 01:03 comment-delete

Deus não ordenou padres! Ser pastor é DOM e não emprego.Deus levanta uma mulher quando Ele quer! Muitos pastores NUNCA foram chamados! Não creio em uma mulher como pastora mas creio que são RARAS as profetisas.

3 de fevereiro de 2016 11:53 comment-delete

Mulher imbecil, fica aí sendo submissa feito uma cadela

17 de fevereiro de 2016 20:13 comment-delete

Olha ele!!!! Olha ele!!!! Tá se achando o macho man "cumprindo" as escrituras, vai ler sobre as contradições bíblicas e da uma resposta satisfatória hipócrita

17 de fevereiro de 2016 20:17 comment-delete

Estamos no Sec.XXI, Mulher e homem tem direitos e obrigações absolutamente iguais já não existem funções masculinas ou femininas. O homem faz o que a mulher faz e a mulher faz o que o homem faz sem perdas. Deus não aceita mais oferenda de animais, ele mudou. Se Deus mudou, porque o cristão teima em viver na idéias de 5 mil anos atraz

19 de fevereiro de 2016 11:21 comment-delete

Vamos todos jogar nossas Bíblias no lixo, os livros mais recentes foram escritos há dois mil anos atrás, estão completamente desatuais e fora de moda. Vamos ficar com a revista caras, ordenar mulheres, gays, etc.

19 de fevereiro de 2016 11:49 comment-delete

Eu penso de igual maneira. Infelizmente, a Igreja, com exceções, têm se rendido aos padrões de pensamento e práticas mundanos, trazendo seus valores nefastos para destruição de vidas...e 'ai' de quem não concorda!

26 de fevereiro de 2016 07:58 comment-delete

Iza Machado17 de janeiro de 2016 09:59
Richard, usa mesmo! Se esse uso não for de encontro a sua palavra, é claro que usa quem quiser :)

Excelente!
A soberania do SENHOR não pode ser violada (Is 48.11).

16 de março de 2016 23:57 comment-delete

É UMA PENA QUE MUITOS DEIXAM DE APRECIAR A SIMPLICIDADE DA VONTADE DO CRIADOR,MEDITEM NA SANTA PALAVRA HOREM,MAS NÃO CARGOS FAZ PESO NO EGO DE MUITOS,DEUS NÃO DEIXOU CARGO PASTORAL Á MULHER,MAS NÃO NOS IMPEDIU DE PREGAR SEU REINO, AMADOS FORA DA PALAVRA DE DEUS FORA DA SUA PRESENÇA,NÃO TEM CARGO NA TERRA ,QUE TE LEVE AO VERDADEIRO OBJETIVO CRISTO , SEM OBEDECER SEM O REINO DA GLÓRIA

28 de março de 2016 11:03 comment-delete

bom dia renato gostei muito desse texto estava com duvidas em algumas questões que entendi na biblia mas muitos dizzem que não é do jeito que entendi. e vi que nosso entendimento biblico e espiritual tem fundamento. cheiguei achar que eu tava meio fugindo de não querer aceitar o que a biblia diz ou que dizem minhas lideranças ,achei estar desobedeçendo a té deus por não aceitar chamar a esposa do meu lider de pastora que tambem não é pastor é só um evangelista que dirige o campo onde congrego e que sua esposa quer ser chamada de pastora e eu não concordo.. Eu tambem sou mulher e não concordo com mulheres pastoreando igrejas,afinal de contas as mulheres ja tem tantas funções designadas por deus que não entendo porque o desejo de autoridade sobre uma igreja quando a biblia diz que isso é papel do homem.e a bibblia diz que o obreiro fique no cargo em que foi chamdo.

7 de abril de 2016 11:47 comment-delete

Engraçado que estes mesmos homens que afirmam que a mulher não pode assumir o papel de pastora, esquece da parte que a Bíblia diz que o homem é o provedor de sua casa. Vejo muitas mulheres trabalhando e pagando as contas de casa. Concordo, vamos seguir a Bíblia, varões assumam as despesas de casa como a Bíblia ensina! A mulher deve auxiliar e não pagar as suas contas, varão! A Bíblia ensina que o homem deve se doar à sua esposa, como Jesus se entregou pela Igreja. Vamos lá, varões abençoados, vcs morreriam por suas esposas? Tratem-nas com respeito, é isso que a Bíblia ensina! Não vamos cumprir só um pedaço, certo? Não sou eu que digo, é a Bíblia!

8 de maio de 2016 15:48 comment-delete

Ovelha gera ovelha, mas quem cuida das ovelhas é o pastor.
Ganhar almas para Cristo, as mulheres fazem melhor??? Não entendi! Por quê? ??? Existe alguma estatística pelo IBGE???? OU alguma outra empresa de estatística? ???? Santa bobagem!

2 de julho de 2016 12:06 comment-delete

Leilane vamos seguir a sua linha de pensamento:só os homens tem pensamentos impuros, só os homens adulteraram.... estamos falando de cristãos.
Fico a pensar naquela igreja que tem uma pastora linda fisicamente e com todos atributos em dia.... conforme o seu raciocínio, uma maioria dos IRMÃOS vão para o inferno! As mulheres não, né??? As mulheres não têm pensamentos impuros e não adulteram. Aleluia!

2 de julho de 2016 12:22 comment-delete

Mulheres de TPM;
Mulheres à beira da loucura;
Não deixem de ler esses livros.

2 de julho de 2016 12:36 comment-delete

Querido Pr. Renato Vargens
Minha mãe é uma cristã piedosa e se comunica muito bem, mas não é pastora, porque simplesmente Deus estabeleceu que não chamaria mulheres para serem pastoras, mas sim para outros ministérios. Isso diminui alguém?

2 de julho de 2016 16:24 comment-delete

E Débora onde entra na história?

4 de julho de 2016 11:22 comment-delete

Pelo meu pouquíssimo conhecimento bíblico penso que Débora era pastora de ovelhas, literalmente, não pastora de igreja.
Jesus disse que se os homens se calarem são as pedras que devem clamar, não as mulheres.

5 de julho de 2016 11:41 comment-delete

Eu também não acredito em homens Pastores, pois o Unico Pastor é Jesus Cristo

13 de julho de 2016 18:44 comment-delete

A minha opinião é, existe aqueles que quer virar um pastor ou uma pastora. Mas tem aqueles que Deus a tocou para pregar a palavra de Deus virando pastor ou pastora! Em fim, Deus não escolhe ninguem para pregar a tua palavra pode ser homem ou mulher! O que não podemos e julgar as pessoas só por causa de um sexo. Mas se vc acredita assim é melhor guardar pra vc mesmo.

17 de agosto de 2016 12:51 comment-delete

Prezado Pastor Renato
Sinceramente tenho vontade de chorar lendo os comentários da maioria desse povo (e que se dizem cristãos). Para essa maioria o "sola scriptura" não vale nada e Jesus é um mentiroso quando afirma "a Sua Palavra é a verdade".

18 de agosto de 2016 10:15 comment-delete

Eu sou mulher e concordo com o senhor, não existe pastorado feminino, todas as mulheres da bíblia que tentaram isso fracassaram: Eva, Sara, Miriã e etc.
Além de não ter respaldo bíblico para isso, o Apóstolo Paulo defendeu a mulher de não deixar o homem jogar uma responsabilidade masculina, nas costas das mulheres. A mulher não tem força física, espiritual ou mental para assumir um cargo tão pesado que é o pastorado, vejo cada vez mais mulheres caindo em escandalo nas igrejas evangelicas atuais: Valnice Milhormes, Ana Paula Valadão, Nilcéia Santos e etc.
Sou mulher e me amo muito, nunca tive inveja dos homens, por isso nunca quis imitá-los, mas sim tenho uma grande admiração!

28 de agosto de 2016 21:56 comment-delete

Nany Trevisan Este não exercia Liderança sacerdotal, ela era Rainha

29 de agosto de 2016 20:44 comment-delete

MULHER PASTORA NÃO ESTÁ NA BÍBLIA.

30 de agosto de 2016 14:50 comment-delete

NÃO TEM NA BÍBLIA MULHER PASTORA.

30 de agosto de 2016 14:54 comment-delete

Mulher não pode pregar também, o mesmo texto usado para condenar a ordenação feminina quanto a liderança, é o mesmo que fala sobre o ensino (1 Timóteo 2:11 e 12)
O requisito fundamental para o pregador, na concepção reformada, é a comissão. A pregação pública do evangelho é tarefa primordial dos ministros da Palavra, isto é, de homens chamados por Deus, reconhecidos como tais pela igreja, e ordenados por imposição de mãos de um presbitério para o oficio. (ANGLADA, p. 86).


Charles Spurgeon mais uma vez nos ajuda quando diz:

Todavia, o nosso serviço não assume necessariamente a forma particular de pregação. Seguramente, em alguns casos é preciso que não, como por exemplo no caso das mulheres, cujo o ensino público é expressamente proibido: 1 Tm. 2:12; 1 Co. 14:34. (SPURGEON, p.01).

8 de setembro de 2016 09:03 comment-delete

A paz do Senhor, gostaria de deixar minha visão debaixo da palavra de Deus... qdo fui ordenada a pastora, Bispa enfim.. confesso que fiquei com medo...mas ao invés de ficar perguntando para um ou para outro, falei diretamente com o Senhor, pois sabia que era a opinião que mais me importava, afinal, é o nome DEle q tem q ser exaltado..foram muitos dias de oração e jejum,para então o Senhor me revelar algo profundo... Ele me disse q Ele não fez homens e mulheres,no sentido espiritual..mas sim carnal..pois no sentido espiritual que é a sua prioridade Ele fez alma, corpo e espírito...e devido a isso Ele qdo escolhe alguém.. está escolhendo uma alma um corpo e um espírito q possa ser trabalhado e ser instrumento em suas mãos...visto isto, ELE me vê como um canal de bençãos independente do meu sexo.. até porque, qdo Ele nos coloca ao lado de nossos maridos de fato não é para sermos mais do q ele até porque seria impossível já q somos uma só carne...logo, uma só carne Não se separaram em nada!!! Nem em chamado espiritual...prq Deus não está vendo o sexo mas uma só pessoa, uma só unção...o Senhor me disse Eu escolho, Eu capacitor, só Eu que faço a obra independente de quem somos.. poderíamos ser a mula de Balaão e ainda assim ..se Deus achar q deve usar Ele vai usar...e pouco interessa a nossa opinião para Ele, prq o q importa para Ele é a expansão do evangelho da salvação..e não o q achamos certo ou errado...falo isso com prioridade prq sei quem fala comigo, a vida q tenho com ele . Algo q voce, caro Renato não sabe...un dia Deus escreveu que seu servo Ezequias deveria ter mais quinze anos de vida!! Ou seja, Ele muda o q qr, qdo quer, e da maneira que quer... será que hoje vc já pode mudar sua opinião em relação as mulheres?? Visto que se eu e meu marido somos uma só carne, uma só unção, logo se um morrer o outro está apto por Deus a continuar a obra...q é o q Deus qr....o triste é ter este pensamento equivocado q vc tem...e ver uma igreja as vezes até fechar, ficar nas mãos dos aproveitadores..sei lá só prq uma ser humano q não enchergou espiritualmente põe td a perder, anos e anos as x de uma família dedicada no altar do Senhor..sabe, o Senhor está preocupado com as vidas, as almas e não com o sexo da pessoa, não estou dizendo das abominações q fique claro ok.. isto cabe a Deus julgar..mas daquilo que é saudável aos olhos de Deus, co.o Ele criou... afirmo que Ele qr salvar e para isto usa qqr um...a obra é DEle e não nossa, temos que sermos mais humildes em aceitar o q Deus qr e o q Ele decide creio que temos muitas falhas para ficar ditando regras para dizermos se confiamos ou não naquilo que Deus escolhe!! Afinal tendo vc com tda esta sabedoria, seria muito injusto com vc, derrepente Deus usar uma mula né?!..

7 de outubro de 2016 08:38 comment-delete

No cristianismo genuíno, não há espaço para machismo e feminismo, movimentos extremados que não reconhecem a verdadeira posição do homem e da mulher na sociedade. Vamos abrir a Bíblia em Efésios 5:25, 28: Maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a Igreja, e a si mesmo se entregou por ela, (28) Assim também os maridos devem amar as suas mulheres como a seus próprios corpos. Quem ama a sua esposa, a si mesmo se ama. Olha o que disse o Senhor em Gênesis 2:18: Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só: far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea.

Quando Deus criou a mulher, a criou para ser uma auxiliadora. Auxiliadora física, emocional, espiritual e conjugal. E disse que ela deveria ser uma auxiliadora idônea, honesta.

Quando Deus tirou aquela costela de Adão para fazer a mulher, Adão dormiu solteiro e acordou casado. Olha o que diz Gênesis 2:21-23: Então o Senhor Deus fez cair pesado sono sobre o homem, e este adormeceu: tomou uma das suas costelas, e fechou o lugar com carne. E a costela que o Senhor Deus tomara do homem, transformou-a numa mulher, e lhe trouxe. E disse o homem: Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne; chamar-se-á varoa; porquanto do varão foi tomada.

Deus, o Criador, sabia exatamente o tipo de companheira que o homem precisava. Deus, o Criador, o Soberano, criou, misteriosamente, uma majestosa e maravilhosa criatura chamada: Mulher, para que ela se tornasse a perfeita companheira do homem. É UM ASSUNTO MUITO EXTENSO, MAS A LUZ, DA BÍBLIA A MULHER, DEVE E TEM DIREITO A SER UMA PASTORA SIM! PORQUE ELA FOI POSTA COMO AUXILIADORA! NA VIDA SECULAR COMO NA VIDA ESPIRITUAL!

5 de dezembro de 2016 11:25 comment-delete

Muito triste ler a maior parte dos comentários. O maior pecado, pois sem perdão é o pecado da rebelião, que é praticado contra o Espírito Santo. Essas mesmas igrejas e pessoas que aceitam o "pastorado" feminino em breve estarão aceitando também pastores gays. É só uma repetição do que acontece na Europa e EUA.

5 de dezembro de 2016 12:25 comment-delete

Argumentos sólidos e bibliocêntricos.

Não existe nenhuma razão bíblica para tal ordenamento(de mulheres).
O que tem acontecido frequentemente, é que o secularismo tem se colocado acima da autoridade bíblica dentro de comunidades diversas, onde não existe compromisso com a teologia e exegese.

Onde falta Bíblia sobram heresias.

8 de dezembro de 2016 12:54 comment-delete

Creio que um dia elas podem surgir. Se os meus não evangelizarem, as pedras falarão.

12 de dezembro de 2016 16:22 comment-delete

Querido Pr. Renato, eu tenho uma dúvida uma sugestão. Primeiro, o irmão escreveu: "Todavia, o fato das mulheres não governarem a igreja, não impede com que preguem ou ensinem a palavra de Deus, entenderam?" Minha dúvida tem a ver com os ouvintes dessas pregações e ensino? Paulo proibiu que as mulheres ensinem e exerçam autoridade sobre o homem em 1 Tm 2:12, né? Agora entra minha sugestão: Eu sei que seu último ponto usa a tradução de "marido/esposo" em vez de "homem", mas a tradução mais comum dessa palavra no grego é "homem" em vez de "esposo/marido". Creio eu que o contexto imediato do versículo confirma a tradução "homem". Para evitar confusão, sugiro usar a Almeida Revista e Atualizada em relação à 1 Tm 2:12.

14 de dezembro de 2016 02:31 comment-delete

Meus caros irmãos Jesus não faz acepção de pessoas.. ele usa quem quer.. meu marido é pastor e ajudo ele na congregação..obvialmente sou a pastora pois nos dois juntos pastoriamos.. ok.. e na biblia fala sobre mulheres evangelistas como priscila e aquila.. fique com a paz irmãos

14 de dezembro de 2016 13:57 comment-delete

Nem atras

14 de dezembro de 2016 14:03 comment-delete

Escrevi um artigo sobre esse tema: http://www.opregadorfiel.com.br/2014/05/ordenacao-feminina-mulheres-pastoras.html

15 de dezembro de 2016 08:24 comment-delete

Ser missionária é pregar a palavra a toda criatura. Isso é tanto para o homem quanto a mulher. Mas o pastoreio, liderança, isso é competência(não que todos sejam competentes, infelizmente) do homem. Não quer dizer que a mulher fique em segundo plano, pelo contrário, o momento mais importante do cristianismo, a ressurreição de Cristo, e seu testemunho, foi confiado as mulheres. Era para elas contarem aos apóstolos. Isso daria autoridade sobre eles? Claro que não. Mas o apostolado e pastoreio foi dado aos homens. Cuidado com essa história de Deus é amor, ama isso ama aquilo. Deus é justiça e juízo. O seu trono é fundado em justiça e juízo. Se não fosse assim, ele só perdoaria a humanidade e pronto. Mas alguém tinha que pagar. Alguém tinha que sofrer o seu juízo e sua justiça. Esse é que é o amor dele. Por isso que ele nunca fará nada contra sua própria palavra. Se ele estabeleceu uma ordem na igreja, não serei eu que vou contra ele. Afinal as mulheres querem fazer a vontade de Deus, ou delas mesmas de serem pastoras?

7 de janeiro de 2017 12:57 comment-delete

Mas quem expulsa os espíritos , não é a mulher, mas o espírito Santo. E nisso ela não está exercendo autoridade na igreja, mas contra a potestade das trevas. A mulher pode fazer absolutamente qualquer coisa que um homem faz. Só que Deus escolheu o homem para exercer a autoridade. Pq é tão difícil aceitar isso? Por isso que não vemos mais milagres e maravilhas, como no tempo dos apóstolos. Mas somente uns poucos aqui e ali, igual com Jesus quando esteve na sua própria terra. Por causa da dureza do coração, incredulidade. Hoje as pessoas não acreditam e endurecem o coração pelo fato de Deus ter escolhido o homem para liderar. Mas...O mundo pensa o contrário, não é verdade? Lembren-se. Jesus, não orou, não intercedeu pelo mundo.

7 de janeiro de 2017 13:06 comment-delete

Gente. Jesus apareceu, para mulheres quando rescussitou, e incumbiu a elas levar a boa notícia aos apóstolos, mas não fez delas apóstolos. Porque ele não escolheu nenhuma mulher como apóstolo? Ele era machista? Porque só quando Adão comeu do fruto é que os olhos deles se abriram, e não quando Eva comeu? Se o fruto que dava conhecimento de quem o comece? Molden-se ao mundo e vcs verão onde irão parar. As pessoas enchem a boca pra falar, quero fazer tua vontade Senhor. Mas se não for contra a minha. Deus odeia o divórcio. Se separar não case, aí eles vão lá e dão um jeitinho pra fazer a própria vontade e não a de Deus. Daqui a pouco, vão aparecer homossexuais Pastores...aí eu quero ver...

7 de janeiro de 2017 13:16 comment-delete

Muitas pessoas estão precisando conhecer a graça de Deus, a religião estar matando muito, seria bom meditar em joao 6:1

13 de janeiro de 2017 09:03 comment-delete

Se estes (seus discípulos) se calarem, clamarão as pedras! (Lc 19,40).Sí os homens estão escassos, para pastorear. Que Deus levante pastoras, afinal ainda não estamos preparados, para encontrar pedras que falam.

20 de janeiro de 2017 14:15 comment-delete

Me surpreende Rómulo, logo você um pastor tão erudito e culto. O que o pr Renato defende é um entendimento Bíblico e não pensamento do homem, realmente este tópico sempre dará muito o que falar!!!

6 de fevereiro de 2017 07:58 comment-delete

Muito correto o texto !!! Resumidamente amados(as) quem ordena mulher como pastora simplesmente esta caindo na sutil lábia da serpente e pecando porquê ordenança feminina no presbiterato é manipulação da palavra de Deus e desobediência é pecado. sim a mulher já foi feita pronta esse é o ministério que a serpente tenta sufovar nas igrejas ser mulher é um ministério e foi Deus que quis assim por isso as mulheres são mas inteligentes que nós homens e administram bem e te outras qualidades que não sitarei mas biblicamente isso não da direito à mulher se governo na igreja, as mulheres na vida secular podem ser o que quiser de chefe a rainhas governantes gerente e etc.. Mas no reino de Deus não é assim ... Gente sera que ninguém persebe cargos eclesiásticos são fardos deferidos por Deis aos homens e ponto final ... Mas satanás tem enganado a muitos lideres mostrando furtuna dinheiro😧,por que a igreja enche quando a irmã fulana de tal prega então se colocar como pastora a igreja enche e muito ...essa é a visão diabólica e em alguns casos dizem que não camufla com uma falsa modéstia ....cuidado ninguém ingana a Deus ... E esta escrito que se possível inganariam até os justos ..você é justo ?? Você é nesta ???? Cuidado com essas doutrinas de demônios disseminadas nas igrejas fuja delas ..que a paz e o entendimento do nosso senhor e salvador Jesus Cristo conserve nossa fé firme e controta nele que é nosso alvo amém !!!!

28 de fevereiro de 2017 10:41 comment-delete

Precisamos cumprir os preceitos da Palavra de Deus, e não infligir o que Deus determinou. O oficio de Pastora não existe, mas a responsabilidade de pregar a Palavra de Deus é de todos, independentemente do sexo.

12 de abril de 2017 00:33 comment-delete

Ola Colega,

sou Cristao, e nao concordo com sua visão.

Eis porque temos extremismos nas igrejas. A bíblia é uma referência, mas não deve ser seguida ao pé da letra.

Em primeiro lugar, porque é preciso entender o contexto da biblia, e da época que ela retrata bem como a cultura local.

Na epoca e cultura locais, a mulher não tinha nenhum protagonismo, e realmente, desde a história recente não possui, porém precisamos entender que tanto homem como mulher receberam o mesmo sopro divino.

Segundo, estamos evoluindo e temos que interpretar, principalmente, o ANTIGO testamento, com um pouco mais de estudo e referencias.

Há muito no antigo testamento que não é adequado hoje. O antigo testamento tem um proposito muito diferente do novo, que é o de dar uma referência das origens do povo judeu contando sua história bem como apontar pro nascimento do messias.

As leis do antigo testamento foram substituidas quando jesus chegou, e colocou o evangelho a ser praticado. Se você praticar o que jesus ensinou, não coloca ninguem nem acima nem abaixo de você.

Acho que esse é o principal erro das igrejas em todos os tempos, falta um pouco de bom senso pra ler a biblia. Tem muitos que querem ser juizes da lei, mas poucos querem realmente imitar o cristo.

18 de maio de 2017 14:58 comment-delete

Não concordo pois a profetiza Débora julgava as causa em Israel ou seja ela era mais que pastora mandava e desmandava até o rei sentia firmeza nela

5 de junho de 2017 00:37 comment-delete
«Mais antigas ‹Antigas   201 – 271 de 271   Recentes› Mais recentes»