John Newton e a maravilhosa graça

Por Renato Vargens

"Minha memória já quase se foi, mas eu recordo duas coisas: Eu sou um grande pecador, Cristo é o meu grande salvador." No túmulo do autor dessa maravilhosa frase lê-se: "John Newton, uma vez  infiel, pecador e libertino, um mercador de escravos na África, foi, pela misericórdia de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, perdoado e inspirado a pregar a mesma fé que ele tinha se esforçado muito por destruir".

Conta a história que John Newton, que por anos servia a Inglaterra como capitão de um navio negreiro, em meio a uma tempestade, pediu  ao Senhor que o livrasse da morte, isso porque, numa das suas viagens, o navio que capitaneava enfrentou uma enorme e letal tormenta.  Após ter sobrevivido, ele converteu-se  ao Senhor Jesus compondo aquele que viria ser um dos hinos mais lindos de todos os tempos.

Há! Que Evangelho maravilhoso! Nosso Senhor é incomparável!

A Deus toda glória, que por sua misericórdia salva quem quer. Bendito seja Deus pela sua maravilhosa graça!

Renato Vargens


2 comentários:

Emocionante!

Anônimo
13 de junho de 2012 14:37 comment-delete

Em meios as lágrimas eu ouço e consigo acreditar que ainda existe música feita realmente para adorar e glorificar a Deus obrigada pela oportunidade de conhecer essa maravilhosa interpretação !

16 de junho de 2012 09:33 comment-delete