Reforma Agora – o antídoto para a confusão evangélica no Brasil

ReformaAgora
O novo livro “Reforma Agora – o antídoto para a confusão evangélica no Brasil”, lançado esse mês pela Editora Fiel, já está à venda nas livrarias.
Neste livro, Renato Vargens faz uma análise do movimento neopentecostal que acontece hoje no Brasil, expondo e contextualizando seus misticismos, enganos e distorções da sã doutrina bíblica. Como aconteceu no século XVI, Reforma Agora tem o objetivo de chamar as igrejas evangélicas para retornarem à única referência que deve nortear a vida do cristão, as Sagradas Escrituras.
Reforma Agora
Leia um trecho
Este livro de Renato Vargens não é apenas uma denúncia do estado em que segmentos da igreja evangélica brasileira se encontram.
O que essa obra oferece é um chamado ao fundamento da fé cristã, como encontrado nos famosos lemas que resumem o cerne da mensagem bíblica e evangélica: Deus fala a todos somente na Escritura (sola Scriptura); somos salvos somente pela graça imerecida (sola gratia), que vem aos pecadores somente por meio da morte de Cristo (solus Christus); e este é recebido pela fé somente (sola fide); para que em tudo somente Deus receba o louvor e a glória (soli Deo gloria).
Precisamos receber e nos agarrar esta mensagem bíblica e evangélica com toda a seriedade.
Por: Franklin Ferreira
Trecho do livro “Reforma Agora – o antídoto para a confusão evangélica no Brasil”, lançado pela Editora Fiel.

2 comentários:

Pastor Vargas, ainda não li este livro, o farei oportunamente. Li, de Augustus Nicodemus ´´ o que estão fazendo com a igreja´´ e do Pastor Coty ´´ Odres novas, nova unção´´ Ambos editados a muito tempo e, com o mesmo assunto. Tenho conversado com outros pastores e lideres de diversas denominações e tratado deste assuntos. Todos dizem que não concordam com o pecado, que será preciso fazer algo, mas SÃO E ESTÃO inertes, passivos, e aceitando, por conta do medo de perderem membros. Denominação aceitando divórcio de pastores (casal) e não são capazes (ou não querem se envolver) de chama-los para uma conversa, no mínimo. Estamos a mercê de uma liderança morta espiritual. O que se vê são festas e comemorações na igreja, pregações desprovidas do Espirito. Não é só o movimento neopentecostal. Por ambos os lados vemos extremismo. Se de um tem estes movimentos pela prosperidade, re te te e etc., do outro passividade e morte espiritual. Espero ter uma agradável e proveitosa leitura e sim, Reforma agora. A paz

20 de setembro de 2013 11:51 comment-delete

Meu amado, Deus te abençoe!
Eu li seu livro em dois dias, e a partir de agora procurarei
outros e os que vierem.
Deus te abençoe!

2 de novembro de 2013 22:24 comment-delete