04 motivos porque os namorados não devem fazer sexo antes do casamento

Por Renato Vargens

O sexo foi criado por Deus, é bom, prazeroso, todavia, segundo as Escrituras tem um tempo certo para ser praticado e desfrutado.

Pois é, vivemos dias onde a Palavra de Deus definitivamente tem sido relativizada. Em nome de uma espiritualidade liberal, alguns pastores tem defendido a tese de que o crente em Jesus pode ter relacionamento sexual com sua namorada desde que possuam um compromisso sério e que estejam pensando em casar. Nesta perspectiva inúmeros jovens tem ido para a cama com o seu parceiro acreditando assim que Deus os esteja abençoando, mesmo porque, o que importa afinal de contas é que eles se amam.

Outro dia um jovem me escreveu dizendo: "Pastor eu particularmente não gosto da ideia de um rapaz relacionar-se sexualmente com a namorada antes do casamento, mas, sei lá, tem gente que gosta."

Caro leitor, vamos combinar uma coisa? É muito mais do que gostar ou não gostar. Na verdade, o fato de eu achar que um jovem deva ou não deva relacionar-se sexualmente com a namorada não pode nortear as minhas decisões, mesmo porque, as Escrituras condenam a prática do sexo fora do casamento.

Isto posto, enumero quatro motivos fundamentais porque os namorados não devem fazer sexo antes do casamento:

1- Em 1 Corintios 7:8,9, Paulo orienta a igreja dizendo que é melhor com que o solteiro se case do que viver abrasado. 

2- A Bíblia não permite relações sexuais fora do matrimônio (1 Coríntios 6.18-7.2) e condena imoralidade como um pecado que afronta a santidade do Senhor.

3-  Deus instituiu o casamento para a nossa felicidade, plenitude e segurança, e que este deve ser honrado por todos. Na Bíblia existem inúmeros versículos que declaram o sexo antes do casamento como sendo um pecado (Atos 15:20, 1 Coríntios 5:1; 6:13, 18; 10:8, 2 Coríntios 12:21, Gálatas 5:19, Efésios 5:3; Colossenses 3:5, 1 Tessalonicenses 4:3; Judas 7).

4- As Escrituras ensinam que o sexo entre o marido e sua esposa é a única forma de relações sexuais que Deus aprova (Hebreus 13:4). O texto bíblico ensina que  o leito conjugal, deve ser conservado puro e sem mácula e que o Senhor julgará os imorais e os adúlteros."

Pense nisso!

Pr. Renato Vargens

64 comentários:

Olá Renato,
Se posso contribuir um pouco, também tive de responder uma questão dessas para um jovem da minha igreja e isso resultou em um post.
http://respostaaosjovens.blogspot.com/2009/08/sexo-antes-do-casamento-por-que-nao.html

29 de maio de 2013 09:23 comment-delete

O tema da sexualidade é amplo e vai muito além do pode ou não pode antes do casamento apontando versos bíblicos. Requer um tratamento muito mais aprofundado, elaborando sobre as relações humanas e seus significados, como o próprio conceito de sexo, ou de casamento, e isso não é relativizar, é entender de fato. A igreja historicamente toca muito superficialmente nestas questões, e a abordagem é tipicamente dogmática. Por isto tantos vivem em crise, nunca conseguem mais que respostas pode ou não pode com versículos.

29 de maio de 2013 14:21 comment-delete

Caro Daniel,

No ponto de vista das Escrituras, não há especulação " sobre as relações humanas e seus significados, como o próprio conceito de sexo, ou de casamento, e isso não é relativizar, é entender de fato."

Isto é, sim, relativizar! Reflexo da pós modernidade, e de seu conteúdo marxista cultural, onde a premissa é de que toda verdade é relativa, e não há verdades absolutas.

Há sim. A verdade sempre foi, é e será absoluta. Principalmente a Verdade(Jo 14.6).

O problema é que a verdade incomoda os interesses, inclusive os eróticos...

Abçs.

29 de maio de 2013 18:22 comment-delete

Me converti aos quinze e com vinte me casei, obrigando-me a seguir esses preceitos ligados a um compromentimento e respeito a Deus e a sua santidade. Hoje depois de tantos anos (estou com 46) vejo como me valeu a pena obedecer. E é o que tenho passado para os meus filhos e igreja. A grosso modo tenho observado que todos os casais que seguem esse princípio de santidade são mais felizes e própseros, pois tornaram-se pessoas mais focadas no que fazem com lutas interiores a menos. Poderia citar alguns amigos meus inclusive, mas não é necessário. Basta abrir o olhos e observar que esses poucos casos são plenamente reais. Abraços e parabéns pela matéria.

30 de maio de 2013 05:57 comment-delete

O Sexo foi criado por Deus para que os homens e animais se reproduzam e se multipliquem na Terra; E o Prazer no Sexo foi criado por Deus para incentivar os homens e animais a se reproduzirem. Todos estão em Evolução, porém, muitos homens preferem se manter Estacionados no mundo dos Animais Irracionais. E acabam se esquecendo que o seu mundo é o dos Animais Racionais.

31 de maio de 2013 18:31 comment-delete

Eu honestamente dou alguns conselhos para jovens.
Prego o evangelho a algum tempo e sou um grande pecador.
Diante do assunto, sexo antes do casamento fico na interpretação que o Pastor Ed René fala: http://www.youtube.com/watch?v=3623neA7lNw

Eu concordo com ele.

31 de maio de 2013 22:41 comment-delete

Eu acredito que sexo é algo que foi feito por Deus
Prego o evangelho e sempre falo do que uma vez ouvi o pastor Ed René fala:
http://www.youtube.com/watch?v=3623neA7lNw

veja o vídeo até o fim, acredito que seja uma grande mensagem para sua consciência.

31 de maio de 2013 22:43 comment-delete

Que o Sexo e o Prazer no Sexo se trata de uma criação Divina, não há dúvidas. Porém, basta observar os animais e insetos, e então verás que sua finalidade é a multiplicação de todos os seres; E que todas as Filosofias para justificar outros meios para o Sexo, não passam de meras Filosofias.

1 de junho de 2013 10:13 comment-delete

O que é o casamento, senão o coito?

1 de outubro de 2013 22:57 comment-delete

Alguém aí consegue me mostrar (já que vivem com seus versículos decoradinhos, na ponta da língua) onde está instituído, pela palavra, o ritual atual do matrimônio? Eu ainda não encontrei. Antes dessa discussão do antes e depois, definam corretamente do que? E não esqueçam da soberania de Deus agindo em nossas vidas, definindo a forma, o momento e os nossos projenitores. Se todo mundo esperasse o tal "casamento institucionalizado" muitos dos "santarrões" que estão por aí vomitando sua falsa moral nem existiriam... Paz a todos!!

1 de outubro de 2013 23:52 comment-delete

Que cobrem a pratica verdadeira das Escrituras - Sexo após casamento. Mas é bom salientar que não adianta cobrar se não tem uma conversa próxima. Saber o que realmente o jovem anda passando. Vamos ser sinceros, No namoro as coisas esquentam e todo mundo sabe disso. E o jovem quer saber como lidar com isso, daí eu questiono: Cadê o Pastor, hein ?!..Eu sei onde esta muitos pastores. Estão junto como outros membros da igreja esperando um desvio qualquer de um jovem para imediatamente disciplina-los e faltando um pouco crucificar os jovens que não suportam e acabam saindo da Igreja.
Ja disse, vamos ser sinceros. Se tem jovem na igreja, se ha namoro: a coisa anda quente. Ha necessidade de pessoas capacitadas para estar sempre conversando e orientando-os, e principalmente os ajudando para o mais breve possivel se concretizar em um matrimonio.
Vamos casar? vamos! Junta este rapaz que não tem onde cair morto com esta jovem que mal sabe cozinhar e pronto - O CASAMENTO DOS SONHOS. Todos casal jovem sabe cor o que foi dito ai neste artigo, o que falta é APOIO!

1 de outubro de 2013 23:59 comment-delete

caso queiram mais posts sobre o tema, aqui vai um bem descontraído e com linguagem voltada para jovens

http://tribocoral.blogspot.com.br/2013/08/sexo-santidade-e-rock-n-roll.html

2 de outubro de 2013 00:40 comment-delete

Meu entendimento é que a Igreja não casa ninguém, ela pede as bênçãos de Deus por sobre a vida dos que se casaram diante da lei. Casar-se da maneira que a lei exige é uma maneira de estar sujeito as autoridades superiores.
Rm 13. 1-4 “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação. Porque os magistrados não são para temor, quando se faz o bem, e sim quando se faz o mal. Queres tu não temer a autoridade? Faze o bem e terás louvor dela, visto que a autoridade é ministro de Deus para teu bem”.
As autoridades superiores de nossa sociedade decretaram esta lei:
Artigo 226 da Constituição Federal de 1988
Art. 226. A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.
§ 1º - O casamento é civil e gratuita a celebração.
§ 2º - O casamento religioso tem efeito civil, nos termos da lei.
§ 3º - Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento. (Regulamento)
§ 4º - Entende-se, também, como entidade familiar a comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes.
§ 5º - Os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e pela mulher.
§ 6º - O casamento civil pode ser dissolvido pelo divórcio, após prévia separação judicial por mais de um ano nos casos expressos em lei, ou comprovada separação.
E mesmo que a lei contemple a separação, isto é, o divórcio, os cristãos não devem fazer uso corriqueiro dele, pois devemos afirmar como Pedro em At 5. 29 “Então, Pedro e os demais apóstolos afirmaram: Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens”. Temos que afirmar assim porque “Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo”. Gl 1.10.
E o que Deus Pensa sobre o divórcio? Deus pensa isso: “Portanto, cuidai de vós mesmos, e ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade. Porque o SENHOR, Deus de Israel, diz que odeia o repúdio e também aquele que cobre de violência as suas vestes, diz o SENHOR dos Exércitos; portanto, cuidai de vós mesmos e não sejais infiéis” Ml 2. 16.
Obs: Quando em uma sociedade incipiente as autoridade ainda não definiram o que é casamento (o que é casado), então a simples união carnal (a 1ª união carnal) faz do casal que permanece junto um casal casado - sem a papelada. Mas após a regulamentação pelas autoridades constituídas, então, casados são aqueles que cumprem a lei de seu povo, pois "a autoridade é ministro de Deus para teu bem".

2 de outubro de 2013 12:35 comment-delete

Ritual?!? Não. Você encontra alusões à CONJUGALIDADE. Os seus aplicativos são inerentes à cultura ou época ou povo. Por exemplo, "A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido. Da mesma forma, o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher." 1 Coríntios 7:4, está falando de mulher e marido, que só existem no casamento.

2 de outubro de 2013 13:38 comment-delete

É Renato, usar o livro de coríntios pra institucionalizar doutrinas não era o que se esperava de você, que é tão profundo nas suas proposições. Mas... paciência né...

2 de outubro de 2013 13:45 comment-delete

e eu tenho certeza!!!

2 de outubro de 2013 14:43 comment-delete

Sexo é espiritual não carnal, apenas isso.

2 de outubro de 2013 15:11 comment-delete

Um assunto relevante, e com diversos aspectos que foram esclarecidos.

2 de outubro de 2013 16:29 comment-delete

?
Se Casamento é coito então não se pode fazer sexo antes do coito? soa estranho não!
Casamento envolve o coito e é até consumado pelo coito, mas não é somente coito.

2 de outubro de 2013 17:54 comment-delete

Exatamente Davi, concordo com cada palavra dita pelo Ed.

Me sinto triste ao ver por aqui tantos comentários, e parte do post, mais preocupados em apontar o que é certo ou errado, em condenar ou livrar alguém do inferno, Pessoas com a mesma mentalidade do fariseu descrito no livro de Lucas (18:9-14), "...graças te dou porque não sou como os demais homens...".

Acredito também que o sexo é divino e só deve ser desfrutado entre pessoas casadas, mas aonde se dá o casamento? Na assinatura em cartório? na cerimônia religiosa? no sexo em si?
o fato é que não sabemos, mas na minha humilde opinião, o casamento acontece antes de tudo na consciência, na mente do casal... como disse o Ed René, quando a vida de um passa a ser também a do outro.

Cristo amou, e por amar se doou.
Minha oração é que estejamos mais dispostos a orientar, ajudar, apoiar, amar ao próximo do que a amedronta-lo,ameaça-lo ou condena-lo.

2 de outubro de 2013 21:49 comment-delete

E o que passar disso é procedência do maligno que usa e abusa de uma carne que não quer morrer. Não quer morrer de jeito nenhum. Aí fica essa briguinha de carne e espírito que está em Colossences 3 e Galátas 5. É bom ler todo o capítulo para encontrar o que acabo de dizer. Está muito claro ali. Buscai as coisas que são de cima, pensai nas coisas que são de cima, onde Cristo está assentado... Coisa mais linda isso, gente. Muita linda!!!!!

4 de outubro de 2013 09:32 comment-delete

Agora é pra basear minha vida num livro estúpido, escrito por humanos e cheio de preconceitos, feito há mais de 2000 anos atrás? Quanta babaquice.

9 de outubro de 2013 13:58 comment-delete

Leia e tire suas conclusões.

Fornicação
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Fornicação (palavra que vem de fornicis, ou fornix: abóbada, ou arco). Fornice era o arco da porta sob a qual as prostitutas romanas se exibiam. As meretrizes ficavam por lá porque, além de ligar o lugar ao sexo, a mulher romana devia, a não ser que não tivesse nem pai, nem marido, nem filho(s) do sexo masculino, sempre obediência a um homem (podiam também ser escravas). As mulheres deveriam ficar sempre dentro dos limites da casa/prédio do seu dono ou protetor - por isso, não podiam passar do arco (fornice).

No Novo Testamento, fornicação é o termo usado para traduzir a palavra grega Porneia, termo técnico que designava um matrimónio inválido. Na época de Cristo, com a multiplicidade de leis da Judeia, não era raro que um matrimónio fosse invalidado por impedimento jurídico. Surgia então o problema sobre se deviam ou não separar o casal que estavam em zonah (casamento inválido, ou seja, um deles ou ambos não fossem "puros" virgem).

Por volta do Século III d.C. criou-se então o verbo "fornicare", que seria o ato de frequentar esse lugar. Temos esta palavra no português, que se originou do latim, o que significa sexo ilícito (nesse contexto), o caso é que no português, há séculos por conta da igreja, tornou-se delicadamente diferente, porém vital o significado dessa palavra. O significado de sexo ilícito seria supostamente a prática de sexo antes ou fora do casamento. A palavra ilícito significa imoralidade, ou o que é contrário as leis. Naquela época, como foi-se dito antes as leis da Judeia, considerava-se ilícita a prática de sexo antes do casamento, o que não acontece nos dias de hoje; não existe na legislação brasileira nenhuma norma que proíba o sexo antes do casamento (desconsiderando obviamente crimes como estupro), ou ainda que considere inválido esse casamento, por um deles não ser mais virgem.

Segundo o Dicionário Aurélio, além de sexo ilícito; mortificação ou aborrecimento e apostasia - na época quando os hebreus mudavam de religião - também significam fornicar. Segundo o dicionário grego há porém mais um significado metafórico que seria a prática de adoração a deuses.

A palavra Fornicar ou Fornicação, ficou amplamente conhecida entre as Escolas de Mistérios como o ato de derramar o semem , como um ato de impureza conforme na Bíblia em Levítico - cap. 15 à 16. Nas Escolas de Alquimia, ficou conhecido como o ato de derramar o vazo de Hermes. Antigas Bíblias se refere ao 6º Mandamento como - " Não Fornicar", coisa que depois foi alterada pelo reformadores conservadores para "Não Adulterar" que já tem outro significado.

14 de outubro de 2013 10:47 comment-delete

É de um simplismo muito grande assumir que o casamento é apenas e tão somente as relações homossexuais. Se assim for, uma garota que por N razões transou com um namorado, terminou com ele, se arrependeu e depois casou-se com outro homem [que sabe desse fato], é bígama.

Reductio ad absurdum. ;]

18 de outubro de 2013 09:30 comment-delete

É de um simplismo muito grande assumir que o casamento seja apenas o sexo. Se for assim, vejamos o exemplo abaixo:
- Garota inicia um namoro.
- Devido a pressão externa e interna, ela acaba cedendo e fazendo sexo com este namorado.
- Arrependida, ela vê termina com o relacionamento.
- Anos depois conhece outro cara, e se casam.
- Logo, ela é necessariamente bígama.

Notou o absurdo da sua afirmação, cara?

18 de outubro de 2013 09:32 comment-delete

Mas o que é casamento?

23 de outubro de 2013 00:03 comment-delete

mas o que que que um jovem faz se praticar o sexo antes do casamento

26 de outubro de 2013 13:24 comment-delete

Davi, Romullo, Nikollas e aos outros q pensam assim,,,
Queridos quando Jesus disse: Dai pois a César o que é de César, quiz dizer
que devemos também obdecer a lei do homem. E se na lei do homem só somos casados depois que assinamos um documento ou um papel que seja, então é assim que é.
Então sexo sem pecado só depois do casamento.

E fiquem só na inveja de Isaque e Rebeca

4 de novembro de 2013 05:35 comment-delete

É triste ver tamanhas besteiras de pessoas que descredibilizam a Bíblia, tenho pena de você Laura. Espero sinceramente que um dia você possa entender o valor da bíblia. Que Deus te abençoe.

30 de dezembro de 2013 08:56 comment-delete

Tenho muita pena de você, não pelas suas afirmações aqui, porque é normal do ser humano descredibilizar o que o próprio ser escreveu, faz parte de um instinto natural defensivo nosso não aceitar o que o outro nos diz. Mas afirmar que a bíblia é um livro estúpido apenas define o seu ponto de vista como ofensivo aos milhões de cristãos que vem tentando compreender e interpretar as palavras descritas ali a tantos anos.

Outra coisa querida, você nunca precisará seguir o que ali está ao pé da letra. Você tem o livre arbítrio. Desejo sinceramente que você possa conhecer melhor antes de afirmar tais palavras. Ninguém lê e pratica as palavras da bília por fanatismo, loucura ou estupidez, na verdade, perde a oportunidade de viver uma vida com Deus quem não conhece o conteúdo bíblico. Espero que você repense seus conceitos. Que Deus abençoe.

30 de dezembro de 2013 09:03 comment-delete

É triste ver tamanhas besteiras de pessoas que descredibilizam a Bíblia, tenho pena de você Laura. Espero sinceramente que um dia você possa entender o valor da bíblia. Que Deus te abençoe.

30 de dezembro de 2013 09:04 comment-delete

Não existe pecado relacionado a sexto ANTES do casamento, há pecados FORA do casamento. Toda relação de amor, compromisso, conjugalidade e que seja selada com sexo é uma relação de casamento.

29 de janeiro de 2014 14:40 comment-delete

É.... algum pastor que prega tão fortemente a virgindade e diz que quem fizer, é solteiro, tem mais de 35 anos e é virgem?Se tiver, aceito sua palavra com alegria.

29 de janeiro de 2014 23:06 comment-delete

É o seguinte: A Palavra de Deus disse: Portanto deixará o homem seu pai e sua mãe; e unir-se-á (e se unirá) a sua mulher e serão ambos uma só carne. Este vers. está dizendo simplesmente de uma união entre homem e mulher: uma união conjugal que é o mesmo casamento; creio eu que não está dizendo nada a respeito de uma união formal e formalizada e oficial e oficializada diante das autoridades terrenas que são os Cartórios de Registro Civil e Casamento; sem contar as testemunhas, pois quando é preparado em tudo por Deus; também é abençoado em tudo por Ele.
Para isso basta que o futuro casal de namorados se apresentem em oração com coração puro e sincero em tudo diante de Deus e constituam um Livro próprio de ambos e para ambos e Registrem o Casamento, porém antes levando Tudo em oração a Deus. Buscando toda direção e a guia do Espírito Santo em toda obediência e verdade na sua Palavra e Deus confirmando em todas as áreas da vida no relacionamento conjugal, o próximo passo já é a Lua de Mel; independente de qualquer outra coisa. E assim espero ter contribuído eliminando toda e qualquer dúvida sobre o pecado nas relações sexuais antes do casamento.

30 de janeiro de 2014 02:01 comment-delete

Creio eu o seguinte: Deus disse na sua Palavra: Portanto deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá a sua mulher e serão ambos uma só carne. Creio que neste vers. que Deus está falando de uma união entre homem e mulher: uma união conjugal: o mesmo casamento, não está sendo dito aqui que o homem e a mulher devem se apresentar diante de autoridade terrena que são os Cartórios de Registro Civil. Pois está escrito: o que Deus uniu não separe o homem. Portanto o casal de namorados devem ambos apresentarem-se em Oração c/ um coração puro e sincero diante de Deus para que Ele possa confirmar; preparar e aprovar o Casamento em toda obediência e verdade na sua Palavra em todas as áreas e aspectos da vida no relacionamento conjugal; tendo toda a confirmação; preparação e aprovação de Deus para a Constituição dessa futura Família de Deus e para Deus dentro dos Planos e Propósitos de Deus; em toda a Obediência e Verdade na e da sua Palavra. Sendo assim esse casal devem ambos Constituirem um Livro próprio para ambos; apresentando-O em Oração diante de Deus; de todo o coração e de todo o ser de cada um e Registrarem o Casamento. O Amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi (dado) Outorgado. Com base neste vers. só me resta dizer que já estão Legitimamente Casados e podem ambos para Lua de Mel.

30 de janeiro de 2014 02:43 comment-delete

Espero ter Contribuído de alguma forma para eliminar toda e qualquer dúvida sobre o pecado nas relações sexuais conjugal antes do Casamento. Pois dúvidas não se esclarecem, mas se eliminam.
Portanto não existe pecado quando tudo é feito no Amor de Deus.

30 de janeiro de 2014 02:48 comment-delete

Parabéns Pr. Renato, por mais esse posicionamento claro e objetivo!

30 de janeiro de 2014 15:00 comment-delete

Ainda é fácil encontrar mulheres que se guardam , que são virgens até o casamento, mas homens ... isso é difícil. Não se encontra mais homens virgens. DE QUÊ ADIANTA a mulher se guardar se o seu parceiro já provou de "todas as variedades do mercado"? Me desculpe mas esse pensamento retrógrado da igreja tem que mudar mesmo e bom é o pastor que passa a se modernizar também. Se a igreja não se adapta ao mundo de hoje (que é BEM diferente da época de Cristo e a bíblia contém passagens que não condizem com os tempos atuais), cada vez mais vai ter pessoas afastadas da igreja.

11 de março de 2014 21:38 comment-delete

Não acredito que o caminho seja relativizar as Escrituras, a Bíblia é inerrante porém respostas simplistas como a desse texto, cheio de "podes" e não "podes" são grandes fábricas de hipocrisia. E não é de hoje não! Não é porque a nossa sociedade está perdida não! Desde que o mundo é mundo, depois da queda do homem, o mundo jaz no maligno. Meu avô tem 70 anos de evangelho, todo esse tempo vivido dentro de uma igreja séria, histórica e cresci ouvindo histórias absurdas de arrepiar os cabelos de jovens supostamente castos e santos.

18 de março de 2014 03:34 comment-delete

Boa tarde!

Estou há alguns dias pesquisando sobre o assunto. Esse texto do link foi o único que falou a respeito de se abster do sexo pré-marital de forma coerente utilizando-se de bíblia e razão!

Grato!

14 de abril de 2014 13:54 comment-delete

Assim é a religião, se respeita mais um livro e seres imaginário do que as pessoas que estão à volta. Se as pessoas parassem de ficar esperando a "luz divina" e se amassem e se respeitassem mais, o mundo seria um lugar maravilhoso de se viver. Lembrem-se, não existe nada após a morte, é o fim e pronto. Esta é a única vida que teremos, este é o único lugar onde estaremos, e somos nós que decidimos se construiremos neste lugar um paraíso ou um inferno. Infelizmente, estamos construindo um inferno. Vamos torná-lo um paraíso. Vamos parar de rezar e começar a trabalhar.

19 de maio de 2014 15:50 comment-delete

Ainda bem que você se reconhece.

4 de junho de 2014 22:32 comment-delete

Sua explanação demonstra que a Igreja depois do século III mudou muito o termo fornicar. temos que ver os textos sob a realidade e intenção do autor. Numa realidade onde as mulheres eram escravizadas sexualmente, o texto é libertador, sob o aspecto de coibir o uso da mulher para fins de prostituição, ou até mesmo de protegê-la na relação de união, como o caso do divorcio. Mas daí dizer que toda a relação que se faz antes do casamento é pecado de "fornicação" condenável ao inferno é ir além da proposição dos textos. Eu particularmente acredito ser errado, imoral e antiético usar de alguém para fins sexuais e carnais apenas, como meio de se chegar ao prazer e somente isso, defraudar uma pessoa, isso eu considero equivocado. Agora, uma relação de amor, cuidado, de compromisso entre um casal não acho condenável ou errado que se tenha o sexo. Quando se tem uma relação de cuidado amor e preocupação com o outro, a relação sobrepõe o aspecto sexual. Acredito que as principais dimensões do texto seja proteger as mulheres que eram tratadas como escravas sexuais à época em Roma, Corinto e na região.

5 de junho de 2014 15:00 comment-delete

"A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o próprio corpo de maneira santa e honrosa, não com o desejo de lascívia, como os pagãos que desconhecem a Deus. Neste assunto, ninguém prejudique a seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. Portanto, aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o seu Espírito Santo." (1 Tessalonicenses 4:2-8)

27 de julho de 2014 08:07 comment-delete

Ta na hora de alguns pastores e doutrinadores começarem a abrir os olhos, pois não é de hj que muitos evangelicos, nao resistem e teem relações sexuais antes do casamento. Nao é pelo fato de serem evangelicos que deixam de sentir certos impulsos, e ate mesmo alguns pregadores de nome ja fizeram isso, pq na verdade todos estamos sujeitos a isso, o problema que a igreja faz com esses jovens se tornem mentirosos, e alguns carregam uma culpa enorme, outros fingem que não aconteceram e seguem suas vidas. Este assunto merece uma atenção especial , pq simplesmente mostrar passagens na Bíblia não é suficiente.

24 de novembro de 2014 22:37 comment-delete

Olá Paula, tudo bem,
Olha eu queria muito dizer algo pra você sobre a igreja se modernizar:O mundo é como uma pedra redonda em uma ladeira, ela rola rola até o final, sabe que final é esse? É o lago de fogo ardente (mais conhecido como inferno).Se a igreja se modernizar do jeito que o mundo é, o nosso final seria o mesmo do mundo. O mundo hoje em dia caminha a passos largos para o inferno (Provérbios 5:5 Os seis pés descem para a morte; os seus passos conduzem diretamente para a sepultura. Versão NVI), cabe a nós , seres humanos, escolhermos qual o nosso alvo, se é o céu ou o inferno. Não use a bíblia para justificação de seus pecado, pois a bíblia vai contra todo e qualquer tipo de pecado.

Tenha em mente que se a igreja se modernizar conforme o mundo estaríamos alterando não só a forma correta que as igrejas devem ser, mas também estaríamos levando milhões de cristãos direto ao inferno e também estaríamos alterando a bíblia (Provérbios 30:5 e 6
5 "Cada palavra de Deus é comprovadamente pura;
ele é um escudo para quem nele se refugia.
6 Nada acrescente às palavras dele,
Do contrário ele o repreenderà e mostrará que você é mentiroso.)

Eu não sei se você é cristã ou não, mas diferente do que muita gente possa pensar, Deus não é um Deus carrasco, nem um Deus antiquado, nem chato e muito menos mal. Ele nos ama e criou essas regras realmente muito rigorosas por que ele quer nos ver bem e pra que o cristão possa viver uma vida de santidade. E, diferente do que você possa achar, a igreja cristã evangélica vem crescendo com uma força tremenda.
Hoje eu tenho 13 anos, cresci em um lar evangélico, porém eu tive plena certeza do que eu queria quando aceitei a Jesus como meu único e suficiente salvador. E posso te dizer uma coisa, as meninas de hoje não estão se dando o valor e se deitam com qualquer um sendo tratadas como qualquer coisa. É por isso que é tão difícil achar um homem virgem que não tenha tida uma relação antes do casamento (fornicação) ou egoísta (masturbação), quer saber qual o motivo de você se guardar até o seu casamento? É simples, Deus nos chamou (nós cristãos) para sermos diferentes, sermos sal da terra e a luz do mundo, e já que você sabe que é errado o sexo fora do casamento e mesmo sendo ou não sendo cristã é melhor não arriscar e fazer com que isso seja um motivo pra te perder a salvação.

Se você não for cristã eu realmente quero que algum dia você tenha a oportunidade de aceita-lo, conhece-lo e entender que seguir as regras de acordo com o que está na bíblia é o melhor pra você

Beijos e espero ter te ajudado

10 de fevereiro de 2015 00:45 comment-delete

Passando aqui só para dizer que você Laura não passa de uma muleca e nunca mas chame a Bíblia de babaquice,tamanho uma mulher nao tem vergonha de falar tamanha lezeir,faça o seguinte amiga se não segue então pelo respeite sua Babaca!!!!!!!!!

3 de julho de 2015 05:41 comment-delete

O sexo fora do casamento é condenável segundo as escrituras, e não importa que tipo de "COMPROMISSO" OS PRATICANTES DIGAM, EXISTIR ENTRE ELES; ATÉ O CASAMENTO SE ACABA DA NOITE PARA O DIA, quanto mais um compromisso de boca, visando apenas JUSTIFICAR, o que a bíblia condena. Me perdoe, mas embora eu saiba bem pouco, ( estou fazendo bacharel em teologia); eu não sou louco de contradizer o que as escrituras, literalmente sustentam e condenam. Pessoas solteiras comprometidas entre si, devem ( se forem cristãs), guardar o que a bíblia diz, TANTO QUANTO OS DEMAIS MEMBROS, e não o pensamento de pessoas que querem fazer média com a maioria visando IBOPE, ou até mesmo igreja inchada, com um bom numero de dizimistas. MELHOR OBEDECER DO QUE SACRIFICAR. Todo aquele. que transmite mensagens que o povo quer ouvir, negligencia a mensagem que o povo precisa ouvir; ( SANTIFICAI-VOS, JESUS ESTA VOLTANDO) pq o seu intuito, é agradar a massa, e não aquele que morreu na cruz. Membros de igrejas, nessa pratica, devem ser aconselhados, orientados, tratados com muito amor, e se não conseguem se abster, que se casem; pois serem enganados que se existe um compromisso entre eles, " NÃO TEM NADA A VER", é de uma heresia sem igual, e um incentivo, para que todos os demais, sejam seus imitadores.........AFINAL DE CONTAS, A COISA É MUITO BOA, então vamos todos tratar um compromisso de boca, e a orgia estará liberada !!!! FAÇA-ME O FAVOR !! Fomos chamados para fazer diferente do mundo........caso contrário, melhor ficar lá fora mesmo.

30 de outubro de 2015 10:03 comment-delete

Casamento são duas pessoas felizes completas únicas e distintas que se unem no matrimônio para serem um.

13 de novembro de 2015 14:53 comment-delete

O absoluto jamais caberá no relativo. E Deus jamais caberá na relativa e curta mente do ser humano ...Uma coisa eu sei ninguém é dono da verdade absoluta, cada um responderá por seus atos não devemos impor mas expor nossas idéias. Talvez aquilo que pra você serve como verdade,não se encaixa pra todos.

24 de fevereiro de 2016 12:47 comment-delete

Com certeza Daniel sou teólogo e não dá pra fazer um anacronismo de pegar versículos isolados com uma interpretação categórica intocável e dizer que isso é um estudo. Primeiro que se for viver tudo que há na Bíblia poderíamos ter várias mulheres como de costume da sociedade na época de Jesus e dos apóstolos tanto que Paulo o apóstolo não proíbe ele dá um conselho e para os presbíteros"é bom que seja homem de uma mulher só". Vejo de má fé ou superficialidade tratar textos e versículos isolados de um estudo nas línguas originais, sem estudo histórico, social, cultural. E a bíblia não fala nada de namoro porque os costumes eram casamentos diretos sem namoro as vezes arranjados e um índice de divórcios altos tanto que Jesus tratou sobre isso, porque o casamento era meio de acumular riquezas por meio dos dotes pagos. Uma sociedade machista onde até os dias de hoje existem 33 leis a favor do divórcio para homens e 7 para mulheres e as mulheres separadas não tinha como sobreviver e não podiam se casar denovo pois seria como uma adultera. Jesus dá uma lição nos homens que tinha direitos de se separa se por ex: A sua esposa salgasse muito a comida. Só um exemplo de como o contexto pode afetar e mostrar possíveis interpretações errôneas.

24 de fevereiro de 2016 16:37 comment-delete

André, vejo que você necessita de estudar hermenêutica bíblica, pois a sua interpretação como sua aplicação sobre as Escrituras estão equivocados.

25 de fevereiro de 2016 09:46 comment-delete

Muito bom esse blogger

13 de abril de 2016 14:24 comment-delete

O senhor deve ter uns 200 filhos então.

5 de maio de 2016 02:00 comment-delete

A gente lê cada comentário aqui que é impressionante.Meus irmãos o que vcs tem feito na igreja se preferem viver como deseja o coração traiçoeiro e mal de vcs.A bíblia nada mais é do que uma bússola,um manual para uma vida plena em todas as áreas de nossa vida.Agora se vcs decidem por acreditar naquilo que o eu de vcs acha bom e confortável,vivam como querem.Agora JAMAIS abram a boca de vcs pra dizer que são servos do Senhor Jesus.São pessoas assim que envergonham o evangelho.Vcs estão relativizando o evangelho e o que me espanta,pastores pregando o erro.A Bíblia é para quem crê e deseja obedecer.Só não,queiram acrescentar pontos e nem vírgulas,pq ai dos que fizerem isso.Se auto examinem e se avaliem se o que vcs estão dizendo está correto,acobertando o pecado e tornando-o algo normal,pq não é.O pecado trás morte espiritual.

28 de junho de 2016 11:21 comment-delete

Eu namoro a 3 anos, sempre segui a escrituras, ninguém da minha igreja sabe falar com os jovens sobre isso. Depois de um tempo de namoro as coisas vão ficando mais difíceis e eu já não sei o que fazer, nem eu e nem ele queremos nada. Porém, como vamos conseguir?

16 de outubro de 2016 03:02 comment-delete

Eu sempre me questionei sobre considerar sexo antes do casamento um pecado, visto que ele primeiramente significa a perpetuação da espécie e que se não houvesse religião, o sexo ocorreria normalmente.
Primeiramente, me considero cristã e católica, porém, a Bíblia foi escrita por seres humanos, há muitos anos atrás e não concordo com tudo que está escrito ou pelo menos não com todas as interpretações. Pecado para mim é fazer mal ao próximo. Nem sempre o sexo é um mal ao outro. Na minha opinião o que importa é o respeito entre as pessoas. Hoje em dia, as pessoas estão se casando cada vez mais tarde e impedir por meio de religião que o sexo ocorra só vai fazer com que se casem cedo, muitas vezes fazendo escolhas erradas que podem resultar em um divórcio. Portanto, sou a favor sim do sexo antes do casamento, até porque não podemos obrigar que todos se casem. Temos que respeitar todas as religiões e inclusive quem não crê em religião alguma. Temos que respeitar as pessoas como Jesus ensinou. Por isso, apontar como pecado para mim é algo muito contraditório.

19 de dezembro de 2016 05:28 comment-delete

Digite seu comentário...É verdade que como cristão eu posso aqui afirmar que a vida que eu tenho não é minha. Pelo que se eu como filho não obedecer as palavras do dono da minha vida, fico sendo considerado como desobediente, quando o Jeová fala por meio de Paulo de que nós solteiros não podemos nos abrasar na 1* Carta aos Coríntios 7;8-9.
Se somos homens tementes à Deus é necessário considerar as palavras da Bíblia sagrada,pois se nos abstermos delas pra fazermos nossa doutrina segundo a visão humana, estaremos descarrilando do Cristianismo.

21 de dezembro de 2016 04:40 comment-delete

Cara,vc quer respeito desrespeitando?
Pois bem,sou uma iniciante no wicca,que é uma religião polemetizada e mal vista,que suportou muito a mal educação das pessoas,o que não deveria acontecer em nenhuma religião.
Mas como cresci em família Católica Romana,que é bem pesada em suas pregações,li que Deus nos dá livre arbítrio,mas se o escolhermos seremos salvos.
Como acho isso um tanto estranho,pois cá entre nós,já vivemos no inferno que é este planeta que chamamos de lar,procurei uma religião altruísta e sem doutrinas,uma que eu conseguisse amar o próximo e me amar,que as forćas fossem encontradas aqui mesmo e eu pudesse ajudar e transformar em um lugar melhor.
Tanto estudando a Wicca,onde encontrei melhor orientação,como o catolicismo,o batista e muitas outras,aprendi que em suma forma todas devem ser respeitadas.Não ao menos aceitas,pq aceitar é diferente de respeitar.
Peço apenas que ambos releiam os comentários que fizeram.Ambos foram desrespeitosos.O Mundo está em guerra pela divergência de opinioes.Coisinhas assim fazem as pessoas matarem umas as outras.
Pensem bem.

23 de dezembro de 2016 23:37 comment-delete

De tudo que eu lí i ao meu ver veio entendimentos que seja lá qual for a união dr casamento seja ela atravez do sexo pois pode ser uma ou igreja ou papel que pode ser outra o pecado disso seria deixando o seu conjuje pois se você deixa-lo sim você estaria quebrando uma aliança que ali foi feita. e pensem o que era o casamento nakela epoca atravez de que por que era feito qual a idade que era feito a cerimonia etc..., tambem temos que ligar dois fatores a biblia e a cultura dai você diz ah velho tu n sabe o que diz i eu digo a india um exenplo tem uma jovem de 10 anos que actou o evangelho mais seus pais creem em deuses ela n poderá fazer nada para impedir que seu pai venha arranjar um esposo pra ela e muitos sabem que lá é assim, e ligando os fatos dakela epoca da biblia vemos que os proprios pais arranjavam os casamentos dos seus filhos e filhas seria o que tava dito e pronto e se não analisarmos a palavra varias e varias vezes não adquirimos entendimento o suficiente até porque Deus diz que não pode nem cortar o cabelo pois é pecado e quantos não cortam, todos cortam enfim ao meu ver existr 3 tipos de casamento atravez do sexo com amor assim como os outros não poderá ser desfeito, atravez dos papeis que tambem não poderá ser desfeito e tambem atravez da igreja que não poderá ser desfeito assim como os outros dois, mais dai vocês dizem ah mais quando se casa 2 vira 1 2 carnes viram uma a partir do namoro se começa esse aprendizado e qnd se é feito alguns desses 3 casamentos ai de fato os 2 viram 1 só corpo.

24 de janeiro de 2017 02:20 comment-delete

pornô Abreviação de pornografia. Tudo aquilo que é relativo á pornografia. Referente pessoas fazendo sexo explícito ou no casos pessoas se consumindo sem ter o compromisso

porneia
traduzida como adulterio ou infidelidade dai concluo que seria ainda sim um casamento(sexo) sem ter compromisso fiz com um e fiz com outro ocasionaria a adulterio ou infidelidade

24 de janeiro de 2017 02:28 comment-delete

Caro André Luís, você tocou em um ponto fundamental para a interpretação Bíblica : O conhecimento histórico, social e cultural e , se entrarmos por esse lado, não vemos nem o namoro na Bíblia. O que vemos era uma espécie de contrato com o compromisso de um para com o outro e que quando no seio familiar era oficializado o casamento, se uniam sexualmente ( exemplo : José e Maria). Em nenhum texto Bíblico existe base para sexo entre namorados

24 de janeiro de 2017 14:55 comment-delete

Eiii !!
Bom sou crista desde bebê nunca me disvieu para o mundo, perdi minha virgindade sem querer sem intenção e sem planejamento me assustei quando eu soube estou muita arrependida porque queria me casar primeiro tenho 17 anos, e perdi não em uma relação sexual de cama e tudo,ate meu namorado assustou quando soube e estamos mal perante Deus se ele me perdoa pois não fiz por querer, pedir minha virgindade com o dedo! Parece meio estranho ne mais aconteceu ! Quero ajuda !! Pois nunca deitei na cama com meu namorado

3 de fevereiro de 2017 13:40 comment-delete

Amigo filho de Jacó, insetos não se casam e animais também não!

18 de abril de 2017 01:42 comment-delete