04 atitudes de um marido ogro


Volta e meia ouvimos algumas mulheres dizendo:

"Meu marido é  grosso e insensível. Quando pergunto alguma coisa a ele, dependendo do seu humor ele me responde com uma requintada "patada". Sinceramente, estou decepcionada e frustrada com o rumo que meu casamento tomou.  Puxa vida, quando nos conhecemos, ele era doce, amável e  romântico, costumava  me presentear, vivia me elogiando e dizia que eu era tudo em sua vida. Se não bastasse isso,  ele era um homem temente e fiel a Deus. Hoje, ele não vai mais à igreja, me chama de burra e diz que eu não sirvo para nada. As vezes acho que eu me casei com um monstro insensível."

Pois é, lamentavelmente não são poucas as mulheres que pouco tempo depois de casada, descobriram que seus maridos não passam de ogros. Na verdade, parece que alguns homens  depois de casados conseguem se superar quanto a rabugice, não é mesmo?

Pensando nisso resolvi escrever quatro atitudes de um marido ogro que devem ser evitadas por um homem cristão, senão vejamos:

1- Tolerância zero 
2- Impaciência
3- Intransigência
4- Indelicadeza

As Escrituras nos ensinam que o marido deve amar esposa como Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela.” Em Outras Palavras isto significa dizer que o padrão comportamental do homem deve ser o estabelecido por Cristo. Ora,  a  palavra usada para caracterizar o papel do marido é amor. E vamos combinar um coisa? O amor não se exaspera, não se conduz inconvenientemente, não se ufana, não visa seus próprios interesses, nem tampouco é grosso e mal-educado.

Pense nisso!

Renato Vargens 

1 comentários:

Graça e paz,
Concordo e infelizmente me pego cometendo esse tipo erro. Preciso aprender mais de Deus. Porém as mulheres também comete erros num casamento recente, gostaria de ler um artigo seu sobre as mulheres também, ajudaria a mim e a minha noiva, ja que está proximo meu casamento.

11 de março de 2017 15:23 comment-delete